Janeiro 2015 | 2% ao Mês

Resultado Jan/2015

Olá, blogosfera financeira brasileira! Esse mês foi mais um mês difícil para mim, a exemplo de dez/2014. Aí aí, acho até que o mercado conspira contra! Mesmo assim, continuo a seguir a minha estratégia de comprar na baixa, quando está tudo barato, ou relativamente barato! Aprendi que barato e caro são coisas difíceis de se determinar no mundo subjetivo e manipulado das ações, é só ver como errei feio em ESTC3 e ALPA4, mas na minha humilde visão IBOV na casa de 45mil tá barata, assim como na casa de 60mil eu escrevia que estava cara.

Vamos aos números...

Crescimento pelo sistema de cotas: -1,05%.
Aporte: R$ 8,78 mil.
Rendimento pelo sistema de cotas: R$ -2,34 mil.
Patrimônio: R$ 220,79 mil.
Crescimento acumulado desde jan/14 pelo sistema de cotas : 5,95%.

Consegui um bom aporte, pois vendi um uno mille velhinho que eu tinha, então joguei o dinheiro da venda em renda fixa. Mas, pelo resultado, já perdi parte do valor do carro, pois o prejuízo esse mês foi de R$ 2,34 mil devido à má performance das ações. Estou comprado em 6, PSSA3, ALPA4, ESTC3, PETR4, BBSE3, UGPA3, com exposição em RV de 27,5% e estou estudando a compra de MDIA3, ITUB4 e VALE para aumentar a exposição para 40% em RV, o máximo que posso por nesse gênero arriscado de investimento.

O triste de notar é que, pelo gráfico comparativo, meu crescimento começou a diminuir à medida em que fui aumentando a exposição em RV. E isso, de certa forma, me mostra que o resultados não estão saindo como esperado. 

Vou aguardar ansiosamente por um novo ciclo de alta na bolsa e ver meus papéis saírem do vermelho. Caso isso não ocorra esse ano, infelizmente, vou concluir que a estratégia seguida não vingou e que é melhor deixar a RV de lado, exposição máxima de 10%, de forma a evitar maiores estragos, afinal, para ganhar esse dinheiro nosso é necessário muito trabalho e não dá pra ficar perdendo assim nesse mercado viciado e manipulado junto a um governo atrapalhado!




Resultado Dez/2014

Isso aê, companheiros, e chega o final do ano! Primeiramente, desejo um feliz 2015 e que seja bem melhor que o ano que se foi.

Não foi um ano fácil, esse 2014. Minha empreitada na RV trouxe frutos negativos, ou seja, contribuiu para a diminuição do meu resultado enquanto que a RF, essa sim, só alegrias! Bom, mas o grande ganho foi o aprendizado que obtive depois de ter me adentrado no mundo blogosférico das finanças e que isso sim, a longo prazo, faça com que consigamos resultados melhores.

O resultado geral ficou:

Crescimento pelo sistema de cotas: 0,61%.
Aporte: R$ 5,72 mil.
Rendimento pelo sistema de cotas: R$ 1,3 mil.
Patrimônio: R$ 214,35 mil.
Crescimento no ano de 2014 pelo sistema de cotas : 7,07%.

No mês de dezembro, em um momento de baixa da bolsa, ali na casa dos 47.000 pontos, aumentei minha exposição em RV, de 15% para 30%, adquirindo bons papéis: ESTC3; UGPA3; BBSE3; PETR4. Este último comprei para fazer trade, pois se vê pelos gráficos que ele faz um sobe e desce violento e nesse momento de baixa, achei que seria um bom momento para entrar.

 Hoje, estou com mais ALPA4 e PSSA3 em carteira, fazendo um total de 6 empresas em carteira e não pretendo passar de 10, pois aí fica difícil para eu acompanhar. A maior decepção foi ALPA4, o primeiro papel que comprei com intuito de buy and hold, sofreu uma desvalorização de 45% no ano.

Na realidade, os trades foi que me salvaram de ter um resultado pior ainda, pois os trades realizados com PETR4 e ITUB4 me trouxeram bons lucros. Bom, mas é difícil fazer esse tipo de operação no meu caso, pois como trabalho não consigo acompanhar sempre.

Apesar do clima de pessimismo de 2015, eu estou otimista. Vejam a bolsa da Argentina, o quanto cresceu no ano! Tomara que o governo acerte na política econômica dessa vez, trazendo mais confiança aos investidores e, por consequência, maior valorização de nossos ativos. FELIZ 2015!!